Atualmente, existem milhares de redes sociais disponíveis ao redor do mundo. No entanto, uma característica se faz presente em quase todas elas: o visual. E com isso em mente, qual outra plataforma que melhor soube usar esse elemento se não o Pinterest?

Com mais de 450 milhões de usuários mensais, o Pinterest é uma plataforma capaz de organizar ideias e inspirações para todos – e quando dizemos todos é porque as marcas estão inclusas também.

Essencial para empresas que buscam constantemente maximizar sua presença social e alcançar novos clientes, essa rede social ainda é muito ignorada por boa parte das corporações. Contudo, isso tem mudado nos últimos anos.

Por ter se tornado um grande catálogo de referências para os usuários, diversos negócios estão investindo cada vez mais no Pinterest para fazerem parte dessas referências – e por que não serem elas próprias, não é mesmo?

Diante disso, no texto de hoje nós vamos explicar para você tudo sobre essa rede social que tem dado o que falar no mundo corporativo. Então, vamos lá!

O que é o Pinterest?

Fundado por Ben Silbermann, o Pinterest foi lançado em 2010 nos Estados Unidos.

Desde sua origem, é uma plataforma de descoberta visual e também de inspiração on-line, fazendo com que muitas pessoas descubram algo sem saber exatamente o que estavam procurando.

Dividida em diversas categorias, o usuário do Pinterest pode fazer uma descoberta relacionada a compras, saúde, produtividade, viagens, moda e muito mais. Ou seja, tem espaço para todo mundo!

De acordo com um levantamento realizado em 2018 pela Comscore, o Brasil conta com mais de 30 milhões de usuários ativos, sendo eles divididos da seguinte forma:

⦁ 67% são mulheres;
⦁ 40% têm mais de 35 anos;
⦁ 80% utilizam a plataforma via dispositivos móveis;
⦁ 7 milhões de pins são salvos todos os dias.

Ao analisar dados como esses, fica visível o potencial da rede – e é por conta disso que seu uso é imprescindível para as marcas.

A importância da rede

Como dá para imaginar, o Pinterest também foi uma rede social criada para as pessoas. Mas assim como todas as outras, as marcas passaram a utilizá-la também como uma forma de complementar o seu marketing.

Ao perceber esse movimento corporativo, a plataforma desenvolveu algumas funcionalidades específicas para as empresas, como a conta business e ferramentas de mensuração. Com isso em prática, 2/3 de todo o conteúdo produzido na rede hoje vêm de marcas.

E por que o Pinterest é tão importante assim para a sua estratégia? Para responder essa pergunta, separamos 4 pontos para você:

Mindset único

Quem usa o Pinterest, usa para buscar inspirações e, em algum momento, colocar tudo em prática – incluindo compras.

Cerca de 95% dos usuários da rede social dizem que ela os inspiram com ideias e 91% afirmam que a plataforma os ajudam a cumprir suas metas. (Talk Shoppe, 2018)

Inspirar e realizar

Ao contrário de outras redes, a presença das marcas no Pinterest não é uma distração ou uma tentativa de venda. Na realidade, para os usuários, as marcas representam possibilidades de novas ideias.

Inclusive, em um estudo feito pela GfK, em 2018, constatou-se que 77% dos usuários do Pinterest descobriram uma nova marca ou produto utilizando a plataforma.

Novas ideias

Se tem algo que o Pinterest faz muito bem é inspirar as pessoas. Com funcionalidades diversas capazes de organizar uma ideia, 200 bilhões de pins já estão salvos na rede, além de 4 bilhões de pastas criadas. (Dados internos do Pinterest, 2018)

Impulsionar o crescimento e o engajamento

Quando uma pessoa descobre uma novidade dentro do Pinterest, ela não para por ali. Com a ajuda da rede, ela consegue realizar suas ideias, seja através de um tutorial DIY (do it yourself, ou “faça você mesmo” em português) ou de uma compra em uma loja virtual.

Vantagens de utilizar o Pinterest em sua estratégia de marketing

Com tanta coisa positiva que o Pinterest oferece às empresas, não poderíamos deixar de elencar algumas vantagens da plataforma para a sua marca.

Confira quais são:

Organização por categorias

Você com certeza já parou para analisar que os conteúdos de redes como Facebook e Instagram vão se perdendo conforme o tempo passa, certo? Em outras palavras, mesmo que algo seja realmente muito bom, as pessoas não vão atrás dele no feed.

Mas com o Pinterest acontece exatamente o contrário!

Pelo fato da plataforma ser dividida em categorias, todo o conteúdo que há nele estão organizados dessa maneira. Portanto, quando alguém está interessado em viagens, por exemplo, ele acessa a categoria específica do assunto e encontra a informação que tanto busca.

Mais conversões

A taxa de conversão do Pinterest é superior ao do Facebook. E isso é possível porque o usuário da rede pode observar o produto em contextos reais e comparar informações.

Lembra do funil de vendas e das suas etapas? Pois então! A rede pode te ajudar exatamente nessa questão.

SEO

Muitas marcas não sabem que o Pinterest é uma excelente plataforma para aplicar o SEO. Por meio do conteúdo ali criado, você pode trabalhar palavras-chaves tanto no texto quanto nas imagens, uma vez que a plataforma é associada ao Google Imagens.

Diversidade de conteúdo

Apesar do Pinterest ser uma plataforma totalmente visual, o conteúdo que é gerado nela não precisa ser composto apenas por fotos. Na verdade, sua marca pode apostar em diferentes formatos, como vídeos, infográficos, ilustrações, entre outros.

Compartilhamento fácil

Quando alguém gosta de algo dentro do Pinterest, não é necessário dar like ou compartilhar – funcionalidades que, às vezes, possuem mais de uma etapa. Aqui, basta dar um pin e salvar o que tanto gostou dentro de uma pasta pessoal, que pode ser pública ou privada.

Mensuração de resultados

Como a plataforma liberou funcionalidades específicas para marcas, você consegue mensurar os resultados que seus conteúdos tiveram. Logo, através de um planejamento de KPIs, você pode observar dentro do Analytics do Pinterest quantas pessoas linkaram seus produtos, quantos visitantes sua página teve, quantos deles entraram no site, etc.

Viu só quanta coisa legal dá para fazer com o Pinterest? Mas não pense que as possibilidades nas redes sociais param por aí!

Recentemente, publicamos aqui no blog sobre o poder que um chatbot do WhatsApp tem para uma boa experiência do usuário. Fica aqui essa nossa dica de leitura para você aprimorar suas estratégias ainda mais!



Por: Leonardo Lazarini

Posts relacionados: