Quem trabalha com marketing digital sabe que diversos pontos são muito importantes em um negócio – e a taxa de conversão de vendas é apenas um deles.

Principal estatística que mostra o quanto uma empresa está faturando, a taxa de conversão é aquele item que vai dizer se as estratégias traçadas estão conseguindo atingir o seu objetivo. Afinal, de nada adianta um site atrair várias pessoas se não efetua uma venda sequer, certo?

Infelizmente, a taxa de conversão brasileira é muito baixa: de acordo com uma pesquisa feita pela Experian Hitwise, ela é de cerca de 1,65%. Portanto, para que ela melhore, é preciso todo um trabalho em volta da sua comunicação.

E é exatamente para isso que este texto existe. Acompanhe a leitura e entenda mais sobre como aumentar a conversão das suas vendas!

Em primeiro lugar, o que é taxa de conversão?

A taxa de conversão é uma métrica muito utilizada para mensurar quantas pessoas atravessaram o funil de vendas e chegaram até a etapa final, ou seja, a compra do produto. Em outras palavras, é aquele lead que se convenceu de que sua marca tinha a solução para o problema que ele possuía.

Diante dessa explicação, é fundamental compreender que a taxa de conversão não é só mais uma métrica dentre tantas, mas sim um índice muito importante para ser analisado. É ela que irá te mostrar quantas oportunidades, de fato, viram um negócio fechado.

E como nenhuma empresa é igual a outra, não é possível afirmar que a taxa de conversão será a mesma para todas as que existem no mundo. Na verdade, como cada realidade se distingue por inúmeros fatores, cada negócio precisa observar de perto se a sua taxa está condizente com as estratégias e objetivos.

Por exemplo: se você vende sapatos e, por mês, 2000 pessoas visitam o seu site, mas apenas 1 acaba comprando o produto desejado, isso significa que você converteu apenas 0,05% do seu público – o que pode representar um número extremamente baixo.

Tendo isso mapeado, você precisa verificar os motivos dessas compras não estarem sendo feitas. Com eles ajustados, as suas vendas tendem a aumentar e, consequentemente, sua taxa de conversão também.

Mas atenção, quando as estratégias do negócio mudam, a taxa de conversão também muda – e tá tudo bem, isso é normal no mundo das vendas.

Qual a sua importância?

A taxa de conversão tem o poder de guiar a gestão de um negócio. Por ser uma métrica que ajuda a mensurar os principais resultados obtidos, definir exatamente a porcentagem que se quer ter dentro do objetivo da empresa pode auxiliar durante todo o processo de vendas.

Todo empresário quer que sua empresa alcance o sucesso. Para isso, as estratégias de comunicação são imprescindíveis, pois farão com que a mensagem chegue ao público e faça com que ele compre o produto anunciado.

Sendo assim, a taxa de conversão agrega mais uma importância: a de avaliar o ROI (retorno sobre investimento) das ações de marketing. Se o retorno for alto, significa que tudo está indo na direção certa. Agora, se ele for baixo, está na hora de ajustes serem feitos.

Como calcular

Para que a taxa de conversão seja calculada, basta uma conta simples: dividir o número de conversões pelo número de visitas do seu site.

Para ilustrar essa equação, considere o seguinte: seu site, em um mês, teve 10 mil visitas e um total de 650 compras. Isso significa que sua taxa de conversão foi de 6,5%.

Só preste atenção no período de tempo que será analisado, isto é, se você está olhando para as visitas diárias, a fórmula precisa contar com todos os dados referentes àquele dia – e assim por diante.

4 dicas para aumentar a conversão

Se a sua taxa de conversão não está como você gostaria, preste atenção nestas dicas que separamos:

1) Conheça sua persona

A base de todo bom negócio é conhecer o público para o qual se quer vender. Por isso, busque saber exatamente quem é a sua persona, a sua idade, o que gosta de fazer, entre outros pontos. Além disso, não se esqueça de analisar os dados do seu site, utilizando o Google Analytics, por exemplo. Dali, insights interessantes de novas estratégias podem surgir.

2) Tenha CTAs estratégicos

Quando uma pessoa acessa alguma página, normalmente ela faz isso com um objetivo. Portanto, se o dela for fazer uma compra, é preciso que haja um call to action (CTA) propício à ação.

3) Pense na experiência do usuário

Um site, para ser de fácil navegação, precisa estar de acordo com a experiência do usuário. Logo, quanto mais simples a tela for, mais conversões serão geradas, pois não haverá nenhum tipo de dúvida vinda da pessoa que está navegando por ela.

Dentre os elementos que contam bastante na experiência estão o texto utilizado, as cores, imagens, botões visíveis e convidativos, etc.

4) Realize testes A/B

Ferramenta muito importante para que um layout possa ser avaliado, o teste A/B pode te ajudar a definir uma versão final de um banner ou um botão de compra que será inserido no site. Muitas vezes, com um simples teste desses, é possível melhorar radicalmente sua taxa de conversão.

A Hangar Digital nasceu em 2016 com o propósito de modificar a forma como as pessoas encaram o marketing digital.

Focada em resultados, a nossa agência atua em todas as etapas do funil, desde a captação dos leads até a sua conversão. Sendo assim, nosso propósito é entregar as melhores estratégias para que seu objetivo seja alcançado o mais rápido possível.

Vamos conversar e atingir o sucesso da sua empresa? Temos certeza que ela vai decolar! (47) 3034-4669 | [email protected]



Por: Leonardo Lazarini

Posts relacionados: